O advogador e ex-vereador por quatro mandatos, Clemilson Ribeiro, na sua explanação mostrou a importância do futuro prefeito renegociar a dívida com o INSS, os precatórios e a Lei de Renegociação  de Pequenos Valores (RPV). “São três graves questões a serem resolvidas logo no início do mandato. Isto evitará sequestro de verbas e deixará a PMU em condições de conveniar com os entes federativos”, esclareceu o advogado.

Com muita representatividade, se fizeram presentes o médico Caio Avelar, o presidente do Clube de Dirigentes Lojistas (CDL), João Oliveira, a presidente da Aceai de Ilhéus, a ubatense Suy Barros, o contabilista Cika; a diretora da Associação do Barreiro, Marília Paixão, o grupo de dança e teatro da Igreja Católica, o vice presidente da Liga Ubatense de Futebol, Antonio Roberto (Fuçura) entre outras representações.

Abaixo, leia a minuta do Plano de Governo ainda sem a inclusão das sugestões dos representantes reunidos na quinta-feira(06).