Parentes das duas adolescentes, de 13 e 16 anos, que foram decapitadas neste sábado (20), na Avenida San Martin, em Salvador, prestam depoimento à Polícia Civil nesta segunda-feira (22). Segundo a investigação, Gabriela Alves Nunes, de 13 anos, e Janaína Brito Conceição, de 16 anos, estavam desaparecidas há alguns dias. Os corpos foram sepultados no sábado, no Cemitério do Campo Santo. O delegado titular da 4ª Delegacia da Polícia Civil de Salvador, Omar Andrade, disse que os corpos das meninas foram encontrados perto de um carro abandonado, com portas abertas e porta-malas sujo de sangue. Ainda de acordo com ele, a família recebeu uma ligação com pedido de resgate. O pai de Janaína, que é policial militar, contou que no mesmo dia, recebeu ligações com pedido de resgate. “Disseram que sabiam que eu era policial e por isso queriam duas armas e R$ 50 mil como resgate”, afirmou.

Informações do G1.