Um acusado de envolvimento no grupo responsável pelo assassinato de duas adolescentes foi preso na tarde desta quarta-feira (24). O homem conhecido como Dênis foi encontrado com duas armas, munições e crack, na Nova Divinéia. Ele foi levado para a 4ª Delegacia de Polícia, em São Caetano, onde está sendo autuado em flagrante pelo delegado Omar Andrade Leal.

Janaína Cristina Brito Conceição, de 16 anos, e Gabriela Alves Nunes, 13, foram torturadas e decapitadas na última sexta-feira. Os traficantes Alex dos Santos Silva, 21, o “Lequinho”, Risovaldo Hora Costa, 20 anos, conhecido como “Riso” e Adriano Silva Nunes, 22, são acusados pelo assassinato. Eles, que integram a quadrilha de Branco, líder do tráfico da Rocinha da Divineia, tiveram a prisão temporária decretada ontem pela Justiça.

O delegado Omar Andrade Leal não descarta a hipótese das jovens terem sido mortas depois que os bandidos descobriram que uma delas era filha de um policial. Ele acredita que as jovens conheceram os criminosos em sites de relacionamento.

Encontro
De acordo com os investigadores, as adolescentes chegaram a uma praça na rua Nova Divineia à procura de três rapazes. Elas não os encontrou e pediram água em uma casa. Em seguida, as meninas retornaram à praça, encontraram os rapazes e passaram a beber com eles. Depois, seguiram para a Rocinha, onde teriam sido estupradas antes de mortas.

Fonte: Correio