O jogo deste domingo, na Arena Barueri, era praticamente de uma torcida só, ainda mais com a disposição de alguns palmeirenses em apoiar o Fluminense para não ajudar o rival Corinthians. Mas ainda assim, grupos de torcedores brigaram antes da partida, do lado de fora do estádio, por volta das 16h. Segundo um torcedor que estava no local no momento da confusão, a polícia interveio com o uso de balas de borracha e bombas de efeito moral onde estavam os torcedores do Fluminense.

Em seguida, os tricolores responderam com gritos de “Bope! Bope!” – o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar carioca – e com provocações. “Não é mole, não! Quero ver invadir o Alemão”, gritavam os torcedores, em referência às operações das polícias do Rio de Janeiro, com as Forças Armadas, na comunidade da zona norte da cidade neste domingo.

Contornada a confusão, sem notícia de feridos, a bola rolou dentro do estádio e o Fluminense levou a melhor, vencendo o Palmeiras por 2 a 1, e ficando bem perto do título do Brasileirão. A decisão será no próximo domingo, diante do Guarani, no Engenhão.