Os comerciantes de Ubatã escreveram uma Carta Aberta à Comunidade externando a insatisfação contra a Prefeitura, pois, segundo eles, até o momento o débito contraído na gestão de Agilson Muniz não foi pago. Eles argumentam que não venderam para o ex-prefeito, mas sim para o Executivo Municipal, dessa forma a dívida deve ser paga.

De acordo com informações recebidas pelo e-mail da nossa redação, haverá nesta quinta-feira (02) um manifesto, que saíra do Churrascão, às 10h, em direção ao fórum da cidade.

Ricardo Neto

Da Redação