Assim que deixar a presidência, Lula disse que vai “estudar” o escândalo do mensalão para desmontar o que considera, veja só, como farsa.

Se começar pelo processo no Supremo, terá bastante trabalho. A ação tem até o momento 190 volumes e 463 apensos – mais de 70 000 páginas, portanto. Lula é conhecido por gostar de muita coisa, menos de ler. Ou seja, esse “estudo” não passará pelo processo.

Por Lauro Jardim