O gerente da Loja Ponto Frio Digital em Itapetinga, Julimar Nunes, forjou o roubo de malote da empresa e acabou atrás das grades. A prisão aconteceu nesta quarta (5), enquanto ele prestava depoimento sobre o “roubo” de R$ 45 mil, supostamente ocorrido na tarde de ontem.

O delegado Roberto Júnior “espremeu” o depoimento de Julimar e identificou contradições. Apertando o sujeito, descobriu: o nome do ladrão era… Julimar. O dinheiro estava no porta-malas do carro do gerente. Xadrez para ele.

O funcionário chorou no pé-do-caboclo e disse que estava desviando o dindin da empresa porque estava enfrentando dificuldades. Segundo o Blog do Anderson, Julimar trabalhava há quase três anos na Ponto Frio.

Fonte: Pimenta na Muqueca