Atualmente, cada vez mais os supermercados oferecem mais artigos, as lojas de roupas ficam cada vez maiores e oferecem uma infinidade de produtos. Entretanto, em meio a essa modernidade, lá estão elas: as barracas nas feiras livres. Espaços onde se encontra quase tudo.

Um comércio que vem resistindo à modernidade, lá nada de cartão de crédito, pois ainda se mantém o hábito de fazer anotações em papel. O fiado fica registrado em cadernetas. Os fregueses acabam criando muito mais do que uma relação de comércio com os feirantes e, sim, de confiança. É só para os mais chegados.

Assim, nota-se que há espaço para todos, espaço para quem quer realmente trabalhar.

Redação Ubatã Notícias