Para a escolha dos trêsmunicípios que terão os serviços avançado do SAMU-192, foram feitas variasreuniões no colegiado de gestão micro regional, onde a rede foi analisada emontada, com a participação dos municípios e acompanhamento dos técnicos da UniversidadeEstadual de Santa Cruz(UESC) e da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia(SESAB).  Segundo contou José Carlos Lona,ao UN, “será criado um consórcio, entre os municípios, para a manutenção darede de atendimento. Acho que Ubatã futuramente merece ter uma Ambulância Básica,mas faltou interesse na participação do município nas reuniões”, relata.
Consórcio SAMU-192
Para funcionar, osmunicípios envolvidos no consórcio deverão arcar com uma despesa mensal nafaixa de  6 mil reais. “O município deUbaitaba vai  reformar  o prédio/sede, orçado inicialmente em 35 milreais, além de outras despesas”, explica o secretário de Saúde de Ubaitaba.
Segundo informações,o governo federal e estadual repassam, respectivamente, 27 e 11 mil reais ,totalizando 38 mil mensal. “Só com médicos e enfermeiros vamos gastar 36 milreais, ainda temos gasolina e todo o custeio para funcionar o sistema”,contabiliza José Carlos, concluindo “é muito importante a formação do consócioe o apoio financeiro de todos os cinco municípios envolvidos”.
Redação Ubatã Notícias