O número de mortos após as chuvas na Região Serrana do Rio passa de 400. A Polícia Civil informou às 19h45 desta quinta-feira (13), que 470 corpos já foram identificados pelos peritos do IML (Instituto Médico Legal). Desse total, 214 mortes foram registradas em Nova Friburgo, 208 em Teresópolis, 35 em Petrópolis e 13 em Sumidouro.

O número de mortes pode ser ainda maior. Em Sumidouro, a prefeitura confirmou um total de 19 mortos – 6 a mais que o número informado pela polícia. Já em Petrópolis, a prefeitura divulgou que o total de mortos chega a 39 mortos – 4 a mais que o número de corpos já identificados pelo IML. Considerando os últimos levantamentos das prefeituras, o total de mortos na região chega a pelo menos 480.

A chuva que devastou a Região Serrana do Rio esta semana já matou mais gente que a tragédia de Angra, no início do ano passado, e as chuvas de abril, que arrasaram locais como o Morro dos Prazeres, na capital fluminense, e no Morro do Bumba, em Niterói, na Região Metropolitana.

Fonte: G1