Uma família de Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, acusa o Hospital Municipal da cidade de dar alta a um homem que já estava morto. A família diz que o aposentado Valdir Neves de Jesus, de 51 anos, foi levado ao hospital, nesta sexta-feira(21), depois de passar mal.

Segundo a mulher do aposentado, Maria das Graças da Silva, ele teria recebido duas doses de soro e teria sido liberado em seguida. Ainda segundo a família, o carro da assistência social do município teria levado o aposentado para casa. O filho do aposentado diz que quando foi levar o pai para dentro de casa percebeu que ele não estava respirando.

A assessoria de comunicação da prefeitura de Governador Valadares informou que Valdir de Jesus foi atendido no hospital pela manhã, ficou o dia todo em observação e recebeu alta no fim da tarde. A assessoria disse também que foi feito um boletim de ocorrência sobre o caso e que o motorista que ltransportou o aposentado disse que ele estava vivo quando foi deixado em casa.

Fonte: G1