Warning: Use of undefined constant HTTP_USER_AGENT - assumed 'HTTP_USER_AGENT' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/ubatanoticias/public_html/wp-content/themes/ubatanoticias/header.php on line 1
Continuação



Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Continuação

Fernando: A menina falou… da prefeitura falou: Mas Fernando aquele feijão rapaz. Quando termina de cozinhar vira um mingau. Eu digo: Vai comer inteiro?

Mulher não identificada (MNI): (risos).

Fernando: E aquele outro que eu comprei, lembra? O preto?

MNI: Hã.

Fernando: Aí o prefeito: “Rapaz, aquele feijão que você mandou para mim nem o cachorro quis”. Eu disse: “Mas eu não mandei pra cachorro, mandei pra gente.

MNI: Eita! (risos)

Em outro diálogo interceptado, Fernando, que é proprietário da FM Amaral ME, responsável por emitir diversas notas fiscais falsas, combina com o Controlador Geral do Município (CGM), da gestão Dai da Caixa, o pagamento de propina com expressa autorização do então prefeito (Dai) e de Ubiratan Caciel.

CGM: Edna me falou que era para ligar para você ontem quando eu cheguei… mas eu cheguei tarde, tava com dor de cabeça, deitei e fui dormir, qual foi o problema?

Fernando: Ubiratã conversou comigo ontem… que vai… Dai autorizou ele passar… fazer a relação e passar para mim… entendeu? Dai autorizou… aí é só você ficar na sua né rei?

CGM: Fique tranquilo.

Fernando: O negócio é meu mesmo… aí eu boto… faço um preço… um precinho bom… e aí lhe dou uma ponta boa… você entendeu agora: não precisa comentar com esse cara…

Em outro momento, o Controlador Geral do Município e Fernando Amaral falaram sobre algumas notas que foram falsificadas, em julho, com datas retroativas a março e abril de 2008.

Fernando: Essa [nota] de medicação aqui é abril, né?

CGM: É. Tem uma de abril e a de março. A última que eu te dei é de abril, viu? A de abril ta sem data. Eu só botei o nome abril.

Fernando: Certo.

CGM: Eu lhei dei três documentos de abril, rapaz.

Fernando: 6 e 900 é de abril. É de abril.

CGM: É isso.

RÉUS E DECISÃO DA JUSTIÇA FEDERAL

Além do ex-prefeito de Ubatã Adailton Ramos Magalhães (PTB), o Dai da Caixa, a Justiça Federal decretou a indisponibilidade dos bens de Valéria Santos Amaral, Fernando Moreira Amaral, Ubiratan Caciel Oliveira e Deivisson Ernesto Souza Melo. Na sentença proferida pela Juíza Federal Sandra Lopes Santos de Carvalho, a Justiça Federal decretou a indisponibilidade dos bens até o montante de R$ 127.410,25, e determinou o bloqueio online dos valores titularizados pelos requeridos em instituições bancárias; determinou ainda a expedição de ofícios aos Cartórios de Registro e Imóveis a fim de que façam as anotações de indisponibilidade de eventuais bens existentes em nome dos requeridos; determinou também o bloqueio online junto ao DETRAN-BA ou, alternativamente, a expedição de ofício ao referido órgão, para que informe cerca de existência de veículos registrados em nome dos demandados; determinou também a expedição de ofício à Junta Comercial do Estado da Bahia, ordenando a abstenção de quaisquer atos que impliquem em transferência de participações de empresas comerciais de qualquer espécie pertencentes aos acionados.

Redação Ubatã Notícias

8 respostas para “Continuação”

  • DANIELLE says:

    E AINDA TEM CRENTE VOTANDO EM DAI POR QUUE DAI É FICHA LIMPA.

  • Mari says:

    hou tudo é porque vocês tem certeza que ROSANA VAI ENTRAR kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que coloque as denuncia vcs estão encomodado a prova esta air kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Revoltado says:

    Queria que ele fosse preso mais vai ser difícil ele não é besta os bens dele deve tá em nome de laranja já por isso mesmo..

  • Cidadã Que sonha com uma cidade melhor.e says:

    Fico feliz em saber que a justiça está agindo. Espero que não só os citados mais muitos que ainda estão ocultos paguem pelo que fizeram. Alguns elementos deste são vistos na sociedade como homens de bem e tem ainda quem brigue para defendê-los. Quem pega o que não lhe pertence é LADRÃO e tem que pagar por isso. .

  • servo says:

    VOCÊS PLANTARAM LARANJA E ESTÃO COLHENDO ABACAXI! PRECISAM SABER QUE UBATÃ NÃO É PATRIMÔNIO PARTICULAR, MAS DO POVO!

  • Rita says:

    Alo pessoal cuidado com as acusações. Pessoas que se dizem ser cristãs julgando que cobrara é o SENHOR JESUS que cobrara de voces.
    DEUS É FIEL ALELUIA GLORIAS DEUS

  • FERNANDA says:

    SO SEI DE UMA COISA QUE AQUILO QUE SEMEAMOS ISTO CEIFAREMOS, NA BIBLIA ESTA ESCRITO QUE NÃO HA NADA ENCOBERTO QUE NÃO VENHA SER REVELADO E SE NA BIBLIA ESTA ESCRITO PODE PASSAR CEUS E TERRA MAS A PALAVRA DE DEUS NÃO PASSARA, BRINCA COM DEUS QUEM QUER, SE VC SE ARREPENDER DEUS TE PERDOARA MAS O PREÇO DO TEU ERRO TEM QUE PAGAR, PRINCIPALMENTE PARA QUEM CONHECE A VERDADE, É MUITO TRISTE SABER DISTO TUDO QUE ACONTECEU MAS AGORA ESTARAS COLHENDO O QUE PLANTOU.

  • Que Este Grupo Nunca Mais Volte ao Poder Nessa Cidade says:

    Esse homem governou a cidade de ubatã por dois mandatos, achou pouco o que tirou do município em 8 anos de mandato, (o pai da pobreza – dando com a mão esquerda e tirando com a direita) tentou retornar mas 4 anos agora através da sua esposa, uma coitadinha que não sabia de nada desses desvios de verba feita por essa quadrilha, como é citado pelo (MPF), (CGU) e a (PF) e liderada por Daí da Caixa. Esse homem é o líder de um grupo político da cidade de ubatã e que foi exaltado pelo deputado Sandro Regis como o líder mais preparado para orientar a sua esposa e todo o seu grupo do comando do governo da Prefeitura de Ubatã, caso ela se elegesse. Kkkkkkkkkkkkkkk, rsrsrsrsrsrssrssrs Fica aqui uma pergunta. Será que o nobre deputado não sabia de nada disso? Ou ele faz parte da quadrilha também?

Deixe seu comentário