Segundo a Constituição Brasileira, Art. 76. Independentemente de solicitação, será pago ao servidor, por ocasião de férias, um adicional correspondente a 1/3 (um terço) da remuneração do período de férias. Devendo, este, ser pago no fim do mês anterior ao período das férias.

Entretanto, o Sr. Altamirando de Jesus, conhecido por “Sapão”, Prefeito de Gongogi, ainda não pagou aos professores o que lhes são de direito. Como se já não bastasse não ter pagado o abono de salário no ano passado, o município de Gongogi tem o salário mais baixo de toda região.

Neste cenário, os profissionais da educação gongogiense se sentem desvalorizados. Vale lembrar, contudo, que Sapão conseguiu se eleger tendo como bandeira a educação. Mas não é o que vem demonstrando, infelizmente.

Os professores pedem aos senhores vereadores que se solidarizem com a causa e tomem as devidas providências, visto que, atualmente, é inconcebível tanto desleixo com a educação e os direitos dos cidadãos de Gongogi.

Redação Ubatã Notícias