O discurso de Roberto Dinamite nesta sexta-feira confundiu muita gente, mas passou a fazer sentido depois que o interesse por Carlos Queiroz foi revelado. Na entrevista, o mandatário vascaíno disse que contrataria um técnico “sem ligações com o Vasco, mas talvez com alguma ligação”. O português Queiroz, afinal, se encaixa nesse perfil, já que o Vasco é um clube com raízes lusas – o técnico nasceu em Moçambique em 1953, então uma província portuguesa). A negociação com o treinador foi feita através de um intermediário, mas o técnico se mostrou empolgado por poder comandar a equipe cruzmaltina. O profissional já teria, inclusive, aceitado os números que lhe foram apresentados.

A diretoria aguarda uma resposta oficial do técnico. Queiroz está no Qatar, onde ministra palestra para treinadores. Caso aceite a proposta cruzmaltina, o treinador deve viajar para o Rio de Janeiro para acertar os últimos detalhes.

Confirmado pelo clube, deve trazer um ou dois jogadores para o Vasco. Os nomes ainda não foram estudados, mas há chance de os atletas saírem do mercado internacional, onde o técnico tem muito conhecimento

Fonte: Globo Esporte