Segue trecho retirado do Jornal IBIRATAIA HOJE, 6ª edição, Janeiro 2011

[O Diretor da voz da cidade de Ibirataia, Cláudio Luiz Barbosa, filho do saudoso ex-vereador Betinho e da professora e juíza de paz Madalena Barbosa teve a filiação do partido dos Trabalhadores vetada pelo PT de Ibirataia] a publicação ainda relata: [o partido vetou a filiação do publicitário Cláudio Luiz por este ter parentesco com o atual prefeito Jorge Fair].
O Ibirataia Notícias procurou o publicitário para confirmar essas informações, e este relatou ao nosso portal que seu desejo era se filiar ao PT, pois existia uma afinidade com as ideias do partido, no entanto um direito democrático lhe foi retirado. O publicitário nos relatou ainda que não houve um tratamento respeitoso da diretoria do partido e tampouco explicações convincentes.
O curioso é que o PT de Ibirataia não aceita em seu diretório um filho de Ibirataia, de caráter indubitável e conduta idônea, mas aceita como filiado o médico/diretor clínico da Fundação Hospitalar, Bruno Souza de Araújo, que seria um dos líderes de um suposto esquema de falcatrua em cadastros de atendimentos médicos.
A denúncia foi publicada pelo Bahia Notícias, cuja matéria afirmava que o centro hospitalar emitia ao Ministério da Saúde simulações de procedimentos cirúrgicos em uma quantidade exagerada de pacientes, com o objetivo de receber dinheiro do SUS de forma irregular.
Dois pesos e duas medidas, PT? Não brinquem com a inteligência das pessoas. Sejam menos demagogos e tenham critérios objetivos para escolher os seus membros.

Fonte: www.ibirataianoticias.net