Já virou rotina: a PM é chamada para averiguar alguma “lambança” cometida por uma mulher que atende pelo nome de Joice.

Usuária de drogas, ela sempre está envolvida em alguma confusão, principalmente em roubos. Ontem (03), por exemplo, Joice furtou R$ 340,00 de um senhor na agência da Rota. Populares conseguiram recuperar o dinheiro.

Mais tarde, a PM foi chamada para recuperar uma bolsa que havia sido roubada de uma senhora. A autora do delito? JOICE.

O caso de Joice é uma questão de saúde pública e exige providências o quanto antes. Ela passa o dia vagando pelas ruas da cidade pedindo dinheiro, quando não consegue, comete roubos. O estado da mulher é degradante.

Poderíamos fazer uma lista enorme de pessoas que têm um perfil semelhante ao de Joice na cidade (usuários de drogas – roubam e causam dolo à comunidade). O Portal Ubatã Notícias chama a atenção do poder público para o problema e solicita solução.

Redação Ubatã Notícias