Em contato com a nossa redação, o assessor jurídico da Câmara, o advogado Clemilson Ribeiro, antecipou para nossa equipe que irá propor, a presidenta da Casa e demais vereadores do município, uma emenda para que se retorne o transporte intermunicipal gratuito para os estudantes. A lei que assegura tal transporte existia, mas foi lamentavelmente extinta no governo de Daí da Caixa.

Clemilson Ribeiro foi relator na Lei Orgânica do Município, e o Art 213 assegurava o transporte gratuito num raio de 150 km para os estudantes. Foi estabelecida esta distância, na época, em razão de a Faculdade Montenegro, em Ibicaraí, até então uma das poucas universidades da região.

É bom frisar que a Prefeitura Municipal de Ubatã, no governo de Edson Neves, não tem cobrado nenhuma taxa aos estudantes pelo transporte intermunicipal, no entanto a emenda que será proposta pelo advogado terá como objetivo regulamentar tal transporte.

Redação Ubatã Notícias