Hoje (19), por volta das 15h, 4 detentos tentaram fugir cavando um buraco em uma das celas do Complexo Policial de Ubatã. Os presos fizeram uso de um instrumento parecido com um formão.

Estavam de plantão os policiais civis Bidu, Antônio, Ismael, Tio Correia e Luiz, que perceberam uma movimentação estranha na cadeia, e resolveram então fazer uma revista nas celas.

Perceberam que na sala 7 havia um pequeno buraco na parede. Numa das celas estava Tatiano Santos, perigoso homicida que foi preso em janeiro, inclusive o Ubatã Notícias divulgou a matéria.

A cela foi isolada para perícia e em breve deve passar por reparos.

Redação Ubatã Notícias