Todos os dias é a mesma situação: uma guarnição da Polícia Militar de Ubatã se desloca a algum lugar da cidade para apurar alguma denúncia, quando chega ao destino, verifica que se tratava de um trote.
A situação é ainda mais grave quando se observa que a PM de Ubatã conta apenas com 14 policiais, sendo que apenas 3 trabalham por turno (dois ficam na viatura e um na central).
A nossa redação ouviu um policial militar de Ubatã, e este revelou que em alguns dias a central da PM chega a receber mais de 10 trotes. Os irresponsáveis/deliquentes devem se divertir muito com a cena, mas quem chora é a sociedade ubatense. Paciência.

Redação Ubatã Notícias