Gilmar Silva Santos – ainda no Náutico


Foi revelado pelo Vitória em 2003, onde permaneceu por cinco anos e conquistou os campeonatos baianos de 2003, 2004 e 2005, sendo inclusive artilheiro desse último, além de ter conquistado a Copa do Nordeste de 2003. No rubro-negro baiano, revezava entre o meio-campo e o ataque.
Em 2006 foi para o Santos, pelo qual foi bicampeão paulista. No ano seguinte, foi para o futebol japonês, disputando o campeonato pelo Tokyo Verdy 1969. Passou também pelo Yokohama FC antes de ser contratado pelo Náutico.
Gilmar em visita à Belgica
No time pernambucano, se destacou e, no dia 30 de agosto, sendo um dos maiores artilheiros do Brasil no ano com 29 gols, acertou transferência de três anos com um time da segunda divisão francesa, o Guingamp. Especula-se que o valor girou em torno de R$ 8 milhões.
Em julho 2010, quase foi emprestado ao Corinthians, mas em virtude de um problema cardíaco, a negociação não se concretizou. Assim, um mês depois, assinou com o Prudente.
Gilmar visita Ubatã algumas vezes durante o ano, e é mais um ubatense que nos enche de orgulho. Parabéns, Gilmar!
Redação Ubatã Notícias