Em comunicado veiculado ontem (28) em carro de som, a Associação dos Professores Licenciados da Bahia – APLB – Delegacia Sindical Baixo Médio Rio das Contas – convocava os professores da Rede Municipal de Ensino a comparecer na sede do sindicato para entregar extratos bancários do ano de 2010.

A APLB pretende reunir documentos para ingressar com uma ação coletiva contra a Prefeitura Municipal de Ubatã que, de acordo com o sindicato, não pagou a alguns professores e fez descontos irregulares no pagamento do terço de férias de outros.

De acordo com uma fonte da APLB ouvida pela nossa redação, vários professores já foram ao sindicato para entregarem os extratos.

O clima entre a Prefeitura Municipal de Ubatã e a APLB é cada vez mais tenso, com trocas de acusação de parte a parte. O Portal Ubatã Notícias continuará acompanhando a situação.

Redação Ubatã Notícias