Se Paris é conhecida como a cidade Luz, Rio de Janeiro como a cidade maravilhosa, a perífrase (apelido) que melhor simboliza Ubatã hoje é “a cidade dos buracos”.

Não se trata de sensacionalismo, mas de fatos. Os buracos tomam conta de diversas ruas da cidade, seja no centro, seja nos bairros periféricos, os buracos atrapalham a vida de todos, e trazem um ar de abandono e descaso.

Como sempre acontece, os buracos começam pequenos, mas com o descaso e a inoperância da Prefeitura Municipal de Ubatã que não os consertam, viram verdadeiras crateras. O buraco, ou melhor, cratera mostrada na foto já foi tema de uma matéria há dois meses, e nesse período nada foi feito.

A cratera é capaz de “engolir”, “tragar” um F 4000. Vale lembrar, ainda, que este buraco já está aberto há aproximadamente 6 meses. Queremos dar uma nova perífrase à cidade: Ubatã: a terra do progresso; Ubatã: a terra da saúde: Ubatã: a cidade do desenvolvimento…, mas desse jeito fica difícil.

Redação Ubatã Notícias