O Tribunal de Contas dos Municípios – TCM – já reprovou as contas de Dai da Caixa em 4 oportunidades. Durante os 8 anos em que o ex-prefeito governou a cidade, as contas da prefeitura foram reprovadas entre os anos de 2004 a 2007.

As contas do ex-gestor foram aprovadas com ressalvas entre os anos de 2001 a 2003, e até agora o TCM não emitiu parecer a respeito das contas de 2008.

Nas 4 oportunidades em que as contas de Dai da Caixa foram reprovadas pelo TCM, a Câmara de Vereadores de Ubatã aprovou tais contas, refutando a decisão do Tribunal.

A levar em consideração a postura da Câmara nos últimos anos, o ex-gestor nem precisa se preocupar com o parecer do TCM referente às contas de 2008. Assim, teoricamente Dai da Caixa tem caminho aberto para, caso queira, se candidatar novamente a prefeito de Ubatã.

Redação Ubatã Notícias