Mel Gibson, de 55 anos, foi condenado a três anos de liberdade condicional devido às queixas de agressão prestadas pela sua ex-namorada, a cantora russa Oksana Grigorieva. O julgamento do ator e diretor ocorreu em tribunal de Los Angeles, nos EUA.
Além disso, o ator, um dos rostos mais conhecidos de Hollywood, foi obrigado ainda na sentença a frequentar um centro de combate à violência doméstica durante o período de um ano, a pagamento de multa e a prestação de serviço comunitário.
Oksana Grigorieva separou-se de Mel Gibson no ano passado e justificou que o rompimento foi causado por uma agressão do artista. Os dois têm uma filha de 1 ano e meio. Durante os primeiros meses de afastamento do casal, Gibson ficou proibido de encontrar com a garota.

(PorFabioLuciano)