É difícil encontrar um ubatense que nunca recebeu uma correspondência atrasada dos Correios. É impressionante como nada chega em dia. Diariamente, várias pessoas enfrentam uma fila na agência para a busca de correspondências.

O fato é que se o ubatense depender dos Correios para pagar as contas, certamente elas serão pagas com atraso e haverá, posteriormente, cobrança de juros.

Para ilustrar a discussão, um dos redatores do Ubatã Notícias recebeu em sua casa ontem (14) correspondências entregues pelos Correios. Foram mais de 40. Chamou a atenção o fato de algumas delas datar do mês de dezembro, ou seja, algumas correspondências foram entregues com atraso de 90 dias.

Quando as correspondências chegam a minha casa já perdeu a graça, pago juros direto das contas atrasadas por causa dos correios – relatou um morador de Ubatã que prefere não se identificar.

Vale pontuar, aqui, que não estamos criticando os funcionários da empresa, mas a própria instituição. Será um caso de privatização? Seria bom discutir o assunto. Por falar nisso, a ineficiência dos Correios de Ubatã já foi matéria até no A Tarde Online. Para ler a matéria, clique no link abaixo:

http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=1195376

Redação Ubatã Notícias