Embora o ex-prefeito Adailton Ramos Magalhães não tenha declarado publicamente que pretende concorrer às eleições municipais de 2012, muitos partidários dele sonham vê-lo novamente a frente do executivo municipal.

Um detalhe, no entanto, pode atrapalhá-lo. Explica-se: a nossa redação apurou que até o momento as contas do ex-gestor não foram julgadas pelo TCM, pois alguns documentos não foram entregues.

Assim, a tendência, repita-se, tendência, é que as contas sejam reprovadas. Dessa forma, dificilmente tais contas seriam votadas pela Câmara de Vereadores em tempo hábil, ou seja, o ex-gestor seria impedido de concorrer às próximas eleições municipais.

Mas como já dito pelo Portal Ubatã Notícias, trata-se de uma hipótese, não de um fato.

Redação Ubatã Notícias