Telefone Público – Em frente ao Colégio Estadual de Ubatã


Uma das tarefas mais difíceis de Ubatã é encontrar um telefone público funcionando. O chamado orelhão é algo raro na cidade.

Muito desse problema se deve a ação de vândalos, que destroem os diversos aparelhos da cidade. Além disso, é fato que muitas pessoas fazem uso de meios ilícitos para efetuar ligações.

É importante pontuar, também, que a falta de manutenção por parte da operadora OI (responsável pelos telefones públicos) faz aumentar ainda mais o caos. Aqueles que precisam fazer uso dos aparelhos se sentem lesados.

Ontem tive de andar muito para encontrar um orelhão funcionando, queixou-se uma moradora ubatense. Como dica, os orelhões que ficam no Pelotão Policial e outro no jardim na Praça Ruy Barbosa estão funcionando. Lamentável!

Redação Ubatã Notícias