Como já noticiado pelo blog Notícias de Ubatã, o mato vem tomando conta do Rio Branquinha, em Ubatã. A altura do matagal lembra as capineiras plantadas nas fazendas para alimentar os animais.

Além do matagal, o Rio ainda está imundo e a sua água não pode se utilizada para o consumo. Algumas ações já foram realizadas para tentar revitalizar o rio, ações estas ainda tímidas frente ao desafio de devolver o rio à comunidade ubatense.

Além de medidas de conscientização da população e limpeza dos rios, é preciso que o Água Branquinha deixe de ser o depósito de esgoto da cidade.

Uma estação de tratamento de esgoto não resolveria o problema? Custa caro, mas não é gasto e, sim, investimento. No entanto, falta ousadia e boa vontade a maioria dos políticos ubatenses.

Redação Ubatã Notícias