A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que um dos oito policiais rodoviários federais presos na Operação Pisca-Alerta, na sexta-feira (25), no Rio, voltou para o presídio de Bangu 8, na Zona Oeste, na manhã deste domingo (27). Ele havia deixado o presídio na noite de sábado (26), após ter conseguido uma liminar na Justiça Federal para ir ao aniversário de 15 anos da filha, em Itaguaí, na Região Metropolitana.
Segundo a Polícia Federal, quatro agentes fizeram a escolta do suspeito desde a saída do presídio, em Bangu.
A operação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e aconteceu nos municípios do Rio de Janeiro, Itaguaí e Angra dos Reis. Os presos são suspeitos de participar de um esquema de corrupção de cobrança de propina de empresários da região.

Fonte: G1