Na última terça-feira (29), o desembargador Maurício pediu vista no processo que julgará a permanência de Edson Neves ou o retorno de Agilson Muniz ao executivo municipal. Assim, toda vez que houver audiência do TRE, o processo entrará em pauta automaticamente.

Apesar de ser possível o processo ser julgado em qualquer audiência que ocorra no TRE, o fato é pouco provável. Assim, a nossa redação informará quando houver grande possibilidade de a audiência de fato ocorrer. Enviaremos mais um vez um correspondente a Salvador, e informaremos em tempo real o desenrolar da “novela”.

Redação Ubatã Notícias