Massacre no Rio teve 12 mortos (Reprodução TV Globo)


Veja esse absurdo, denunciado n´A Região:

Uma comunidade do Orkut chama o assassino das 12 crianças da escola Tasso da Silveira, em Realengo, Rio de Janeiro, de “herói” e se propõe a “quebrar o recorde” dele promovendo novas chacinas em escolas, shoppings e lugares públicos.
A comunidade “Wellington Menezes” (o assassino do Rio) discute maneiras de matar mais pessoas. Um defende atentados simultâneos, como cada membro do grupo atacando uma escola. Outro sugere usar um fuzil e granadas, “fácil de comprar na favela”.
Boa parte dos membros faz alusões deturpadas de princípios islâmicos, uma religião que prega a paz, mas que é usada por alguns deles para pregar a chacina seguida de suicídio.
Outros pregam o ódio contra as mulheres. Um anônimo rebate com ironia: “vc ja começou a exterminar algumas?? a sua mãe por ex? ou ela nao conta?”
A comunidade já foi denunciada à Polícia Federal e ao Safernet, que combate páginas com conteúdos como este. Espera-se que já tenham rastreado os IPs e estejam preparando a prisão dos envolvidos.