Na minha escola não tem carteira. O professor não tem lugar para sentar. Uma vergonha – Professora da Escola ACM.

O que está acontecendo é que os descontos (salário) realizados não são feitos de forma aleatória. O objetivo disso é quebrar a unidade da categoria. Os encontros viraram uma bagunça – Professora da Escola João Olímpio

Nesse governo nada funciona. Louanda é a presidente do Conselho de Educação, e está cedida à Secretaria (de educação) e ninguém denuncia. Isso é vergonhoso! – Professora Magnólia – Diretora da APLB. (Nota: A legislação na impede que a presidente do conselho trabalhe na secretaria)

Um calor desse, servindo arroz, mingau e sopa. Um absurdo” – Professora Magnólia – Diretora da APLB.