Valor apreendido em variadas moedas internacionais não foi declarado, o que é crime

Uma operação da Receita Federal flagrou um malote com US$ 930 milhões em espécie, equivalente a mais de R$ 1 milhão, no Aeroporto Internacional de Belém, na tarde desta quarta-feira (13). A quantia seria enviada ao exterior sem nenhum tipo de declaração, prática ilegal e que aponta suspeitas de lavagem de dinheiro.
O montante estava em posse de uma corretora de valores que embarcaria em um avião cargueiro. Com a soma retida na sede do Banco Central do Brasil em Belém, caberá ao Ministério Público investigar a origem do dinheiro.
Informações do G1