Sérgio do Gás (de calça) e pacientes da comunidade – Foto Autorizada para Publicação

A Comunidade Vida Nova, que funciona num sítio próximo à Usina do Funil, pretende recuperar dependentes químicos. O projeto é coordenado por Sérgio do Gás, internado 11 vezes para tratamento da dependência de entorpecentes, mas que há quase dois anos se livrou do vício das drogas.

A nossa redação colheu depoimentos de oito dos treze internos que estão na comunidade, e chamou a atenção o fato de todos terem um único objetivo: reconstituir suas vidas depois de deixar o vício das drogas.

– Estou aqui há 9 dias. Não aguentava mais essa vida. Eu tenho mãe, pai, duas filhas [pausa para choro] e quero encontrá-las novamente. Está difícil ficar longe delas, mas vou suportar,- disse Fabrício.

Sítio onde funciona a comunidade

O depoimento de outro paciente também serviu para ilustrar as loucuras que uma pessoa pode fazer sob o consumo de drogas.

– Eu troquei a cadeira de rodas do meu por uma pedra de crack. Me arrependo disso, mas agora é tarde. Só penso em sair daqui uma pessoa melhor, – disse Júnior, outro paciente.

O tempo de tratamento médio realizado na comunidade é de 6 meses. Os pacientes têm uma série de obrigações a cumprir durante o dia, como alimentar porcos, cabras, cuidar do plantio de algumas verduras e frutas, bem como participar de momentos de oração e terapia de grupo.

O projeto pretende atender, a médio prazo, 40 pessoas. A Comunidade Vida Nova funciona com o auxílio de doações, e você pode contribuir também com esta excelente iniciativa. Entre em contato com Sérgio pelo telefone 73-88618287, e doe alimentos, roupas, livros, colchões, cobertores, etc. Você pode fazer a diferença!

Redação Ubatã Notícias