Wesley Faustino entregando projeto de canoagem de Ubatã a João Tomasini

Reuniram-se nesta segunda-feira (18), no auditório do Centro Náutico da Bahia, organizado pela Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), uma delegação de dirigentes da canoagem baiana com o presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini, o qual apresentou os investimentos para a canoagem baiana em 2011. “Itacaré receberá um núcleo de paracanoagem, Ubaitaba e Aratu, receberão um núcleo de canoagem velocidade, cerca de R$ 1.080.000,00 (hum milhão e oitenta mil reais)”, informou Tomasini.

Presente no evento, o ubatense Wesley Faustino, apoiador da canoagem baiana, entregou ao presidente da CBCa um projeto para implantação de um núcleo em Ubatã. “Presidente, este projeto que entrego ao senhor, já está nas mãos do Ministro dos Esportes Orlando Silva e de duas multinacionais para apreciação”, disse Wesley Faustino a João Tamasini. O presidente da CBCa agradeceu e disse que já tem conhecimento, através do diretor geral da Sudesb, Raimundo Nonato (Bobô), da luta de Wesley Faustino pelo canoagem baiana, principalmente a de Ubatã. “Louvo a luta deste ubatense em prol da canoagem e outros esportes”, elogiou Raimundo Nonato (Bobô) a luta de Wesley Faustino.

Em busca de mais apoio para implantação do núcleo de canoagem velocidade em Ubatã, Wesley Faustino se reuniu com o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) e solicitou a sua ajuda em prol do desenvolvimento da canoagem no município. “Estou conversando com vários parlamentares, inclusive já conversei com o Ministro dos Esportes, Orlando Silva, para abraçar a idéia. É uma ação de Bahia e não uma ação partidária”, contou Wesley.

Wesley Faustino entregando o projeto do núcleo de Ubatã ao deputado federal Daniel Almeida

O deputado Daniel Almeida se convenceu da importância da canoagem para a cidade e se comprometeu a ajudar a implantar o núcleo de Ubatã. “Vou solicitar ao presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini, para destinar um núcleo para o município. Temos que dar incentivo a quem já tem vocação e Ubatã é destaque neste esporte”, frisou o deputado.

Wesley Faustino revela que, por conta da falta de estrutura, alguns canoístas ubatenses estão indo embora para outros centros, citando o exemplo de Erlon Santos, campeão baiano, brasileiro, sul- americano e mundial, que hoje é do Flamengo, como também outro canoísta de Ubaitaba.

Os dois são as maiores apostas do Brasil na luta pelas medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres, no próximo ano. “Vão ganhar porque são os melhores, mas vão ganhar pelo Flamengo e não pela equipe de Ubatã”, lamenta Wesley.

Durante o evento foi assinado entre a Sudesb e a Associação Canoa Forte (ACF), o convênio para realização de uma Etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade 2001, a ser realizada nos dias 30 de abril e 1ª de maio, na raia do rio de Contas, na Fazenda Vapor. Segundo Leno Santana, coordenador de esportes, “na noite de sábado, (30/4), na Câmara de vereadores de Ubatã, serão realizadas uma palestra sobre a importância social, cultural e econômica do Rio de Contas – proferida pelo doutor em Recursos Hídricos, o ubatense Jaildo Santos – e outra dando conhecimento das políticas públicas implementadas para o esporte pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), por José Ney, assessor técnico da Sudesb”.

Redação Ubatã Noticias