UN – Após oitos anos à frente da Prefeitura de Itaquaquecetuba, qual será o legado da gestão Armando Tavares?

AT – Vamos deixar a prefeitura com aprovação de 82%, queremos fazer sucessor no primeiro turno, e temos certeza de que o povo vai agradecer e muito pela nossa gestão. De 2004 para hoje, Itaqua é outra cidade, uma cidade que se desenvolveu.

UN – Sua esposa conseguiu se eleger deputada estadual como pouco mais de 80 mil votos. A vitória dela representa o capital político de Armando Tavares ou é mérito dela?

AT – Em virtude da nossa popularidade. Eroilma foi Secretária da Promoção Social em Itaquaquecetuba, e nas eleições acabou tendo mais de 80mil votos. Ela está sendo uma grande deputada. Desenvolvemos diversos trabalhos, e alguns são referência no estado de São Paulo, elogiados, inclusive, pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).