UN – O senhor é uma das vozes mais atuantes da oposição à gestão Jorge Fair. Como analisa o atual governo?

CP –  Primeiro é importante que se diga que não há Governo, há um desgoverno em nossa cidade. É uma gestão sem planejamento, que não consegue planejar e, por conta disso, inviabiliza a execução. Tem muitas pessoas preocupadas com seus interesses pessoais. Jorge Fair [prefeito] não é bom coordenador e não exonera aqueles que não dão resultado. O prefeito não lidera sua equipe e por isso Ibirataia parou, mas nós vamos mudar toda essa situação.

UN – Uma das maiores críticas à gestão Jorge Fair, crítica esta endossada inclusive pelo prefeiturável Marcos Aurélio, é que o alcaide entregou a Prefeitura aos secretários de governo. Como o senhor analisa esta situação?

CP – É verdade. O povo de Ibirataia votou em Jorge Fair para prefeito, mas ele não administra o município. Todos sabem em nossa cidade que o Prefeito entregou a administração a seus cunhados. Para se ter uma ideia, a Secretaria de Administração é comandada pela cunhada dele, Laneyde Rodrigues, pessoa desconhecida de nossa comunidade que sequer mora em nosso município. Além disso, presta um péssimo serviço a nosso povo. Cheguei à conclusão, a partir das evidências, que Laneyde foi a pior Secretária que já passou pela Prefeitura. Ela inclusive é um dos principais nomes responsáveis por desarticular o grupo do prefeito. A Secretaria de Ação Social é comandada pela esposa do Prefeito e o controlador interno é o cunhado do Prefeito. Então o que concluímos é que há um aparelhamento da maquina pública em benefício de uma família: os Rodrigues de Ipiaú.

UN – Qual será, então, o legado da gestão Jorge Fair?

CP – A marca do Governo Jorge e Rodrigues é o descaso com a coisa pública, a malversação do dinheiro do povo, sem falar das causas de rejeições das contas, aplicação abaixo do mínimo em saúde e educação. Para se ter uma ideia, essa gestão, segundo o índice Firjan, nos coloca como a pior cidade avaliada da Bahia e uma das 3 piores do Nordeste no quesito administração. O mesmo instituto aponta que nossa cidade está a beira da falência. Então, o que sobra depois de 8 anos de desgoverno lamentavelmente é o pleno sucateamento da máquina pública.

UN – Considerações Finais.

CP – Tenho que agradecer ao Ubatã Notícias pelo espaço e fazer um chamamento ao povo de Ibirataia para que dê as mãos, para que  possamos caminhar juntos para livrar Ibirataia do caos que está. Tenho fé em Deus, fé no Povo e fé no futuro, peço a todos de Ibirataia que faça justiça no dia 7 de outubro, votando com consciência, dando o voto da resposta, o voto da liberdade, da dignidade e da decência. Vamos juntos reconstruir Ibirataia para devolvê-la a seus legítimos filhos Um forte abraço!