Profissionais da educação paralisaram parcialmente as atividades

Os profissionais da educação de Ubatã paralisaram parcialmente as atividades hoje (11) em protesto contra a falta de pagamento por parte da PMU. De manhã as aulas foram até ás 10h e, à tarde, até às 15h. A categoria está bastante irritada com a prefeitura:

– A Prefeitura tem de pagar os nossos salários até o 5º dia útil do mês, mas o que se vê é uma total falta de respeito com o funcionário que tem compromissos a honrar. Vou procurar o Ministério Público, disse uma funcionária da prefeitura à redação do UN.

Caso o pagamento não seja creditado até amanhã (12) nas contas dos servidores, a APLB deverá realizar uma assembleia para discutir o assunto. Já está agendada uma reunião entre o sindicato e o prefeito Edson Neves para o dia 19 de julho. Na oportunidade, será discutida a pauta de reivindicação da categoria.

Redação Ubatã Notícias