MEC sugeriu aumento de 15,85% para professores

Nesta quarta-feira (31) haverá uma reunião entre os representantes da Associação dos Professores Licenciados da Bahia – APLB – e o prefeito Agilson Muniz. O sindicato apresentará a pauta de reivindicação da categoria ao alcaide, pauta esta composta de dezesseis itens.

A categoria reivindica, dentre outras coisas, aumento salarial, melhorias na infraestrutura das escolas e na merenda escolar e cumprimento integral do Plano de Carreira do Magistério. Representantes da APLB de Salvador também participarão da reunião com o prefeito.

A sugestão do MEC é que os salários dos professores sejam reajustados em 15,85%, o que aconteceu em Ibirapitanga, Ilhéus e Itabuna, mas algumas prefeituras têm dado reajuste de apenas 5,9%, que corresponde ao índice de inflação acumulado.

Redação Ubatã Notícias