Vereador Hélder Pimentel votou contra a concessão do título de cidadão ubatense à ACM Neto

Em sessão realizada ontem (15), a Câmara de Vereadores de Ubatã aprovou uma moção de congratulação, concedendo o título de cidadão ubatense aos deputados federal ACM Neto, ao deputado estadual Ronaldo Carletto, a ex-juíza da cidade Amanda Palitot e a Arnaldo Queiróz, presidente no PC do B local.

A votação da concessão dos títulos foi unânime, exceto do deputado ACM Neto, pois o vereador Hélder Pimentel votou contra. O edil argumentou que desconhecia qualquer contribuição do deputado para a cidade e que o parlamentar havia prometido o asfaltamento da Estrada Dois Irmãos da Mata e nunca cumpriu.

A autora da moção à ACM Neto, a edil Cássia Mascarenhas, reconheceu que também desconhecia obras do deputado na cidade, mas que este traria mais de 1 milhão de reais em emendas parlamentares para o município. A respeito de Carletto, Mascarenhas enfatizou que o deputado emprega mais de 80 pessoas na cidade e tem uma vasta contribuição na área cultural do município.

Redação Ubatã Notícias