Do Último Segundo

O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza e seus três sócios presos no início da manhã desta sexta-feira (2), em Belo Horizonte, chegaram ao Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, por volta das 16 horas. Apontado como operador do mensalão, Marcos Valério agora é suspeito de integrar um esquema de grilagem de terras no interior baiano.

Os quatro foram detidos às 6 horas na operação “Terra do Nunca”, da Polícia Civil da Bahia. Às 12h30, eles deixaram a Divisão de Crimes Contra o Patrimônio na capital mineira e, às 13h30, embarcaram em uma aeronave do governo da Bahia no Aeroporto da Pampulha, com destino a Salvador. A viagem durou duas horas e meia. Ao desembarcar, Marcos Valério não falou com a imprensa.