Jailson Nascimento – Presidente da Câmara deIlhéus
Do Pimenta na Muqueca
As contas relativas ao exercício de 2010 do ex-presidente daCâmara de Ilhéus, Jailson Nascimento (PMN), foram reprovadas pelo Tribunal deContas dos Municípios (TCM). De acordo com o tribunal, o ex-presidente pagou asi mesmo salário quase três vezes maior que o recebido pelos demais colegas.

Enquanto os demais edis embolsaram R$ 37.151,12 devencimentos, o ex-presidente abocanhou irregularmente R$ 111.456,48. Por lei,todos os vereadores da Casa devem ter a mesma remuneração. O TCM tambémreprovou as contas de Jailson porque ele enviou, com atraso, os dados da sua gestão.As contas de 2009 de Jailson também foram reprovadas pelo tribunal.

O relator das contas do ex-presidente da Câmara ilheense,José Alfredo Dias, votou pela aplicação de multa de R$ 36.436,95 aoex-presidente, sendo R$ 33.436,95 por causa do atraso na divulgação dorelatório de Gestão Fiscal. Do salário que recebeu a mais, o ex-presidentedeverá devolver aos cofres R$ 37.152,12.