Prefeitura paga benefício levando-se em contaapenas o salário base. Medida é ilegal
Diversos servidores que foram hoje (22) à Agência do Bradesco sacar o 13ºsalário saíram de lá revoltados. O motivo: descontos e mais descontosirregulares no pagamento do benefício. “No meu salário veio descontado mais deR$ 250,00. Isso é um absurdo”, disse chorando uma professora ao Ubatã Notícias.

O UN entrou em contato que o setor de elaboração de folha de pagamento da Prefeitura,e este afirmou que por ordem do departamento de finanças e do prefeito EdsonNeves (PSD), foi levado apenas em consideração o salário base dos servidorespara o pagamento do 13º, desconsiderando os outros benefícios.

Acontece que a medida da Prefeitura de Ubatã é ilegal, pois como reza oartigo 457 da CLT, integram o salário, não apenas a importância fixa estipulada,como também comissões, porcentagens, gratificações ajustadas e abonos pagospelo empregador. Portanto, tudo que faz parte do salário com habitualidade temde ser recebido no 13º. Os servidores prometem acionar a justiça para receberintegralmente o benefício.
Redação Ubatã Notícias