Prefeito nunca foi multado pelo TCM

O prefeito Edson Neves (PSD) não tem – pelo menos por ora – motivos para se queixar do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), isso porque o Órgão nunca tascou uma multa no alcaide e tampouco determinou a realização de qualquer ressarcimento ao erário municipal nos 18 meses de Neves à frente do executivo.

O TCM, no entanto, tem sido duro com outros gestores ubatenses. O ex-prefeito Adailton Ramos Magalhães (PTB), o Dai da Caixa, já foi condenado pelo Tribunal a devolver, entre multas e ressarcimentos, mais de R$ 250 mil. Já o ex-prefeito Almenísio Braga Lopes, o Miu, foi condenado a devolver pouco mais de R$ 16mil.

Outros políticos ubatenses também já foram autuados pelo TCM, a exemplo do ex-prefeito Agilson Muniz (PCdoB), que entra multas e ressarcimentos, o valor alcança pouco mais de R$ 140mil. O TCM ainda não julgou as contas da gestão Edson Neves referentes ao exercício de 2010. Por ora, o alcaide segue despreocupado.

Redação Ubatã Notícias