Pagamento de adicionais é só promessa

Os Técnicos de Enfermagem que trabalham no Hospital Municipal da cidade estão tiririca da vida com a Prefeitura de Ubatã, isso porque o executivo continua se negando a pagar os adicionais noturno, de insalubridade e periculosidade, adicionais estes garantidos na Legislação.

“Não estamos aguentando esta situação. O Secretário de Saúde diz que envia os adicionais para o setor de folha, mas o prefeito Edson Neves (PSD) se nega a pagar. Não sabemos mais a quem recorrer. Será que o prefeito pensa estar cima de qualquer coisa”, indaga a técnica de enfermagem Zenilda Maria da Silva.

Os profissionais afirmam, também, que o salário da categoria há anos não é reajustado. “O nosso salário foi consumido pela inflação. Certamente, recebemos hoje um valor inferior ao que recebe os guardas municipais e garis do município. Até hoje a diferença do 13º não foi paga e tampouco o terço de férias”, disse outro técnico. A situação é grave.

Redação Ubatã Notícias