João Oliveira é um dos prefeituráveis ubatenses

O prefeitável João Oliveira (PHS), um dos poucos pré-candidatos ao executivo municipal que vem tecendo críticas à gestão Edson Neves (PSD), bateu hoje novamente na administração municipal. Desta vez, o prefeiturável criticou a realização da Micareta, que consumirá cerca de R$ 700mil.

“A mega-micareta custará para o município mais de um milhão de reais. Parte desse dinheiro poderia pagar os seus credores inclusive à conta de luz da Prefeitura que foi suspensa pelo serviço de energia no dia 25 deste mês por falta de pagamento a COELBA”, disse João Oliveira.

O prefeiturável lembra que a Prefeitura deve ao comércio mais de R$ 1milhão, dívida esta oriunda da gestão Agilson Muniz (PCdoB), mas que não foi paga pelo governo Edson Neves. O curioso é que o prefeiturável se apresenta à imprensa apenas como Presidente da CDL, e nunca como pré-candidato. É o velho lobby.

Ver Nota

Redação Ubatã Notícias