Precisam de 6 votos para reverter decisão do TCM

A Câmara de Vereadores de Ubatã votará, nesta quinta-feira (10), as contas do ex-prefeito Agilson Muniz (PCdoB) e também ex-vice-prefeito Expedito Rigaud (PSB) referentes ao exercício financeiro de 2009. A informação foi confirmada pela presidenta da Câmara, a edil Cássia Mascarenhas (PMN).

As contas, cujo TCM opinou pela reprovação no final de 2010, já haviam sido votadas e reprovadas em outubro do ano passado pelo legislativo ubatense, mas a Justiça anulou o resultado da sessão sob a justificativa de que os princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório foram violados.

O ex-prefeito Agilson Muniz parece ter abandonado de vez a intenção de voltar à vida pública, já Expedito Rigaud é pré-candidato ao executivo municipal e conta com a aprovação das contas para viabilizar a sua candidatura. Muniz e Rigaud precisam de 2/3 dos votos da Câmara, ou seja, 6 votos, para reverter a decisão do TCM.

Redação Ubatã Notícias