Professore impediram que colegas furassem greve hoje

Os professores da rede estadual de ensino, lotados em Ubaitaba, fizeram neste sábado (12) um brechó no comércio local. Com uma barraca armada, em frente à loja Simpatia Calçados, os professores anunciavam a venda de roupas, sapatos e bijuterias, com preços variados. “A pessoa paga o que quiser pela peça”, anunciava.

A renda obtida com as vendas servirá para a impressão de panfletos e a confecção de faixas alusivas à greve da categoria que já dura mais de um mês. “Não vamos aceitar a arbitrariedade. Cortaram nossos salários e o credicesta”, discursavam os professores, indignados com a postura do governo Jaques Wagner.

Nesta segunda (14) os professores de Ubaitaba foram para a porta do Colégio Polivalente para não permitir que alguns colegas furassem a greve. Também colocaram carro de som nas ruas, convocando os professores, alunos e pais de alunos para uma grande mobilização de apoio a greve a ser realizada neste terça-feira (15), às 9 horas, saindo do Centro de Convenções de Ubaitaba.

Redação Ubatã Notícias