Os professores reivindicam reajuste de 22,22%

Do G1

A greve dos professores da rede estadual de ensino está mantida, é o que decidiu a categoria durante mais uma assembléia ocorrida nesta terça-feira (15). É o 35° dia do movimento, que pede reajuste salarial de 22,22% para todos os níveis da classe. Mais de milhão de estudantes estão sem aulas. O encontro desta manhã aconteceu no Centro Administrativo da Bahia e prestou homenagem a uma professora que morreu por problemas de saúde na segunda-feira (14).

Os profissionais da educação da Bahia pedem reajuste de 22,22% para todos os níveis da categoria. O governo, no entanto, afirma que irá seguir o projeto que enviou e foi aprovado pela Assembléia Legislativa: reajuste de 6,5% para todos os professores (assim como para os servidores estaduais) e 22% apenas para aqueles que dão aulas no ensino médio. A greve já foi considerada ilegal pela Justiça e o ponto dos grevistas foi cortado.