Prefeito espera conseguir liminar junto ao TJ-Ba

Segundo matéria de capa publicada na edição imprensa de hoje (17) do Jornal A Tarde, Ubatã deve R$ 4 milhões em água, energia elétrica e a credores do comércio local, além de débitos com servidores contratados. Ainda segundo a publicação, apesar deste quadro caótico, o prefeito Edson Neves (PSD) insiste em realizar a Micareta. A festa, caso seja realizada, custará cerca de R$ 700mil aos cofres públicos.

A matéria foi assinada pela jornalista Ana Cristina Oliveira, que ouviu os dois lados da questão – Prefeitura e Ministério Público Estadual, além de servidores. O Promotor de Justiça Iury Melo condicionou a realização da festa ao pagamento de débito do hospital municipal e melhorias na unidade médico-hospitalar.

A matéria destaca ainda a situação caótica do Hospital, que dos 18 leitos, apenas dois eram ocupadas devido à situação de quase abandono. A Justiça local já determinou o cancelamento da Micareta, mas o prefeito Edson Neves espera conseguir uma Liminar no TJ-BA para garantir a realização do evento.

Redação Ubatã Notícias